6 dicas para preparar a casa para a chegada do bebê

Atualizado em 22/04/21

A chegada do bebê traz para a família muitas emoções ao mesmo tempo: felicidade, amor, medo, carinho, ansiedade. Ter uma nova pessoinha em casa muda a rotina de todo mundo e cria uma expectativa enorme! São muitos detalhes para pensar e colocar em ordem antes da chegada do bebê, e mesmo após o nascimento.

Algumas adaptações que serão necessárias somente serão percebidas quando seu pequeno começar a desafiar a gravidade, a segurança de certos espaços e testar alguns limites que você vai se perguntar como deixou passar despercebidos. Enquanto o bebê vai descobrindo o mundo, você vai percebendo outras mudanças que serão necessárias na casa para fazer com que ele explore tudo em segurança.

A boa notícia é que muita coisa já pode ser pensada e colocada em prática enquanto você aguarda o grande dia de ter seu bebê nos braços. Para que você se organize melhor, trouxemos algumas dicas que vão te ajudar a preparar um ambiente acolhedor e seguro para seu pequeno. Confira!

Casal com mulher grávida sentados no chão

1. Preze pelo conforto e pela praticidade

Vemos tanta coisa para bebês que queremos comprar tudo! Mas nessa hora é bom ter foco e pensar no que você realmente vai precisar e usar de fato.

Não adianta comprar móveis bonitos se são pouco práticos, pois podem acabar atrapalhando, além de comprometer a segurança da criança. 

Funcionalidade também é importante

Pense na funcionalidade dos móveis. Um berço mais alto te ajuda a não ter que se abaixar o tempo todo após o parto. Uma ótima aquisição também é alugar um berço portátil, que são perfeitos para levar em uma viagem, ou para passar uns dias na casa da mãe ou da sogra para ter aquela ajudinha indispensável em alguns momentos.  Uma cômoda que também sirva como trocador facilita a locomoção e acesso aos objetos necessários.

As banheiras que têm suporte ou tripé também são mais práticas, já que facilitam sua postura. 

2. Certifique-se de que a casa está bem limpa

O recém-nascido é muito frágil e ainda não teve tempo de desenvolver muitas das defesas do organismo. Seu corpo está começando a ter contato com os micro-organismos do ambiente e expô-lo a muitos agentes de uma única vez pode trazer riscos para sua saúde. Por isso, alguns cuidados com a limpeza, ventilação e objetos da casa serão necessários.

Limpeza

O quartinho do bebê não deve ser varrido para evitar levantar poeira e espalhar o pó pelos móveis e objetos. A limpeza deve ser diária com um pano úmido, tanto no chão quanto nos móveis, e pode ser finalizada com o aspirador de pó e líquidos.

Ventilação

Mantenha os cômodos, especialmente os mais frequentados pelo bebê, sempre ventilados e arejados. 

3. Cuidados com cortinas e estofados

Evite o uso de objetos que possam acumular poeira e que favoreçam a proliferação de ácaros. Almofadas e bichinhos de pelúcia não devem ficar dentro do berço e é preciso que sejam limpos com frequência. 

Para o seu sofá, a solução perfeita para uma limpeza profissional, é o aluguel da extratora higienizadora de estofados.  Em questão de minutos o seu sofá está com cara de novo e protegido contra ácaros e bactérias. 

O equipamento também higieniza carpetes, cadeiras e estofados em geral, limpando de forma profunda as superfícies de tecido, com rápida secagem e praticidade

Os protetores de berço e as cortinas também devem ser higienizados com regularidade.

4. Instale redes de proteção nas janelas

Deixar as janelas abertas é importante para que o ar circule dentro da sua casa, mas quando se tem uma criança pequena, é essencial instalar redes de proteção nas janelas. 

E é bom lembrar que as crianças não tem consciência do que é perigoso e é muito fácil que subam em cadeiras para espiar o que há na janela. 

 

5. Proteja as quinas dos móveis

Se até os adultos trombam na quina dos móveis, imagine as crianças que ainda estão desenvolvendo o senso de equilíbrio. 

A melhor forma de evitar esses acidentes é colocar protetores emborrachados nos móveis, especialmente aqueles que têm quinas mais afiadas. Para o quarto do bebê, escolha sempre móveis com quinas arredondadas.

6. Cuidados com o transporte do bebê

Já na saída da maternidade é preciso ter cuidado com o transporte do bebê. A cadeirinha do carro deve fazer parte do enxoval. A utilização é obrigatória. Porém, mais importante que evitar uma multa de trânsito é dar segurança ao seu pequeno. Para os primeiros meses, o modelo adequado é o bebê-conforto que, em geral, será utilizado até a criança alcançar os 9 quilos. 

 

São muitas informações interessantes, não é verdade? Prepare sua casa para a chegada do bebê e conte com a Boomerang para garantir o conforto e a segurança para a sua família!